O sócio Henrique Brito falou sobre a PEC 127/15 para o jornal Correio da Bahia

05 de janeiro de 2017 - Publicações
Mudança ainda precisa passar pelo Congresso e ser sancionada; agilidade deve aumentar

A Comissão de Constituição e Justiça  (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (17), Proposta de Emenda à Constituição – PEC 127/15 que transfere da Justiça Estadual para a esfera federal a competência em casos originados devido a acidentes de trabalho nas quais a União, as entidades autárquicas ou empresa pública federal sejam parte interessada.

A proposta, cujo autor é o senador José Pimentel (PT- CE), tem o objetivo de dar mais agilidade ao julgamento de causas previdenciárias.

Para o cidadão a mudança é positiva caso aprovada. “Se essa proposta realmente for aprovada no Congresso e posteriormente sancionada pela presidência da republica, irá beneficiar a população porque simplifica e centraliza as demandas previdenciárias na Justiça Federal. Além disso, a tendência é que as demandas previdenciárias decorrentes de acidente de trabalho, em linhas gerais, tramitem com mais celeridade", analisou Henrique Brito, advogado previdenciário especialista em Direito Processual Civil e sócio do escritório Parish&Zenandro Advocacia e Consultoria.

Porém, ainda segundo o advogado, a mudança deve ser vista com cautela. "Uma vez que a Justiça Federal terá um aumento de demandas, isso poderá ocasionar um impacto negativo nos processos que originalmente por lá já tramitavam. Logo, será necessário que o Judiciário Federal adote medidas para poder absorver essas demandas sem que haja prejuízos no seu desempenho", completou.

A PEC 127/15 não alterará a competência das ações trabalhistas. Segundo o texto que foi aprovado pelo CCJ, as ações por acidentes de trabalho que se sujeitam à Justiça do Trabalho não sofrerão modificações.

Fonte: Correio da Bahia


Notícias

10 de setembro de 2017

INSS convoca 61,6 mil aposentados baianos para nova perícia médica

A intenção é fazer um pente-fino nos benefícios concedidos.

Leia mais...

10 de setembro de 2017

Entenda as principais mudanças da reforma trabalhista

Publicada dia 14 de julho, a reforma altera mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho

Leia mais...

10 de setembro de 2017

Eleitor pode faltar ao trabalho para recadastrar biometria

Para não ter desconto no salário, funcionário deve solicitar no posto ou cartório da Justiça Eleitoral um atestado de comparecimento

Leia mais...

08 de julho de 2016

Governo publica Medida Provisória para reduzir o rombo da Previdência Social

Segundo o advogado Eddie Parish esta regra não é novidade. Entenda

Leia mais...