Agende seu atendimento

A operadora de celular cobra serviços que não contratei, que fazer?

Por Isa Menezes*

Tem crescido cada vez mais as reclamações dos consumidores em relação à cobrança de compras não autorizadas em empresas de telecomunicações. São os chamados “Serviços de Valor Adicionado (SVAs)”

Segundo o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), a receita das operadoras Vivo, Oi e Tim foi de R$ 8,8 bilhões somente com o chamado Serviço de Valor Adicionado (SVAs).

O que são os Serviços de Valor Adicionado (SVAs)”?

O Svas são aplicativos de jogos, notícias, horóscopos etc, que são cobrados indevidamente pelas empresas de telefonia como serviços adicionais.

Na maioria dos casos o consumidor recebe mensagens como: “quer saber o que seu signo reserva para você?”; “quer ficar antenado no mundo das celebridades?”; “quer acompanhar cada passo do seu time?”. Esses são os SVAs. Após as mensagens aparece na tela a opção de clicar no OK.  O Consumidor, sem perceber exatamente do que se trata, clica no “ok” e, imediatamente, passa a ser cobrado pelo serviço adicional.

Por que a cobrança de serviços adicionais pode ser indevida?

O código do Consumidor estabelece em seu artigo 39 que é prática abusiva enviar ou entregar ao consumidor qualquer produto, ou fornecer qualquer serviço, sem solicitação prévia. Estabelece também, agora em seu art. 6, que é direito do consumidor ter informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços oferecidos, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes e, inclusive, o preço cobrado.

Desta forma, a contratação de serviços adicionais de telefonia, sem o real consentimento do consumidor do que está efetivamente contratando, trata-se de cobrança indevida, afinal, ele está sendo cobrado por um débito que não reconhece.

O consumidor pode ser ressarcido pelas cobranças indevidas?

Prevê o art. 6.º, inciso VI, do Código de Defesa do Consumidor, que “são direitos básicos do consumidor a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos”.

Então, ao cobrar serviços não contratados efetivamente pelo consumidor, as empresas de telefonia estão desrespeitando as normas de segurança, adequação (quantidade) e/ou prestabilidade (qualidade) dos produtos e serviços, acarretando, assim, a ocorrência de danos patrimoniais e morais decorrentes de fato/vício dos produtos/serviços fornecidos por ela, devendo, assim, indenizar o consumidor pelos danos suportados, sejam eles materiais e/ou morais.

Observação importante no que tange a reparação de danos é que, quando o fato/vício do produto gerar cobrança indevida ao consumidor, este tem direito à restituição, em dobro, do que lhe foi cobrado indevidamente e, efetivamente, pago. É o que está exposto no art. 42 do CDC.

Sendo assim, caso o consumidor sofra cobranças de SVAs, sem que tenha conscientemente contratado, ou cobranças acima do valor do pacote contratado, ou ainda, se no valor do pacote contratado, parte dele, estiver destinado a “serviços adicionais”, estas cobranças são indevidas, os serviços devem ser cancelados e o consumidor ressarcido.

Fique atendo aos seus direitos e, se necessário, busque ajude de um advogado especializado.

 


Isa B. Menezes é advogada do Núcleo Cível e Consumidor do Parish & Zenandro Advogados, escritório especializado em Direito Previdenciário, Cível e Trabalhista, com sedes nas cidades baianas de Salvador, Feira de Santana, São Gonçalo dos Campos, Conceição da Feira, Camaçari, Santaluz, Queimadas, Retirolândia e Livramento de Nossa Senhora. Possui pós-graduação em Direito Imobiliário e Direito Público,  e atua ativamente na advocacia cível/consumidor há 12 anos.

 

 

NOSSOS ESCRITÓRIOS

  • Rua Frederico Simões, nº 153, Ed. Empresarial Orlando Gomes, 13º andar Caminho das Árvores | Salvador/BA • CEP 41820 774
  • Rua Barão do Rio Branco, n 882, Centro Médico Augusto Freitas, sala 601 – 6º andar. Centro, Feira de Santana CEP 44001-535
  • Rua Santa Bernadete, n 18, Ed. Empresarial Empório, sala 16. Centro (ao lado do Colégio Polivalente), Camaçari CEP 42800-035
  • Avenida Nilton Oliveira Santos, n 122, 1º andar – Centro (em cima da Caixa Econômica e em frente ao INSS), Santaluz CEP: 48.880-000
  • Av. Dr. Nelson Leal, n 170, 1ª andar. Centro (em frente ao INSS), Livramento de Nossa Senhora – CEP 46140-000
  • Prefeitura Avançada da Orla, Box 08, Estrada do Coco, Abrantes, Camaçari/BA
  • Rua Dr. Alfredo, n 88, Centro, Conceição da Feira. (Ao lado dos Correios e da loja de Nil Bazar). CEP: 44320-000.
  • Praça Barão do Rio Branco, n 67, Loja 5. (na Galeria da Caixa Econômica Federal), Queimadas CEP: 48.860-000
  • Praça JJ Seabra, n 11, 1º andar, Sala 03, Centro, (Em cima da Distak Móveis e em frente ao mercado Lider), São Gonçalo CEP 44330-000.
  • Rua Mané Garrincha, s/n, Centro. Referência: Próximo a Igreja Católica e ao lado do Cartório de Registro Civis. CEP:48750-000.