Agende seu atendimento

Aposentado e empreendedor: a economia prateada

*Por Rodrigo Maciel

 

Quando se fala em economia prateada, a Silver Economy, a conjuntura perpassa pelo aumento da expectativa de vida do brasileiro, já que uma pessoa nascida na década de 1940 tinha expectativa de viver até 45 anos, número que saltou para 75 anos em 2023, de acordo com o IBGE.

Ainda segundo o Instituto, em 2021, cerca de 14,7% da população nacional era idosos, em números absolutos, isso representava 31,2 milhões de pessoas acima dos 60 anos, ou seja, é um mercado promissor que vem sendo explorado e já movimenta cerca de R$ 2 trilhões por ano para atender necessidades e demandas dos idosos.

Muito diferente do que muitos pensam, esse mercado não é movimentado por produtos de cuidado geriátrico ou tecnologias para saúde, há muita variedade, até porque os idosos têm gostos diversos, assim como pessoas de outras idades.

Eles já estão ativos nas mídias sociais, muitos gostam de jogar videogame ou jogos pelo celular, comprar roupas da moda, paquerar, trabalhar, fazer exercícios físicos etc.

Esse nicho vem buscando promover a inclusão social e econômica dos idosos, reconhecendo eles como agentes ativos na sociedade, e também valorizar a sua autonomia e a independência, com desenvolvimento de produtos e serviços que lhes permitam viver de forma independente e com mais qualidade de vida.

  • Programa para garantir autonomia na velhice

 

Além de não ser mais sinônimo de caminho para o fim, a aposentadoria, como se vê acima, também não indica mais que as pessoas estão encerrando a vida profissional, muito pelo contrário!

Inclusive, com a Reforma da Previdência de 2019, por exemplo, a idade para aposentadoria é de 65 anos para homens, e 62 anos para mulheres, ressalvada, claro, as regras de transição ainda vigentes.

 

Todavia, é importante que nessa fase da vida, o jovem idoso possa ter uma proteção previdenciária digna, que garanta sua subsistência mínima nesse momento, ainda que esteja em plena capacidade empreendedora, de saúde e motivacional.

Boa parte das pessoas continua trabalhando, mesmo após receber o benefício do INSS. Dentre os motivos para isso, está o fato de que, muitas vezes, o dinheiro é insuficiente para manter um padrão desejado, sendo nesses casos essencial um planejamento previdenciário de longo prazo, pois o futuro idoso deve começar a pensar em sua previdência desde cedo, já que o plano para um benefício digno no longo prazo é bem mais suave financeiramente.

Poderá também agregar ao programa opções profissionais que possam no futuro possibilitar um trabalho mais adequado à sua idade.

 

  • O que é o Planejamento Previdenciário?

 

É uma ferramenta que possibilita perceber a realidade previdenciária do segurado, avaliar caminhos, construir um referencial futuro (objetivo) e definir a melhor trilha para alcançá-lo, revisando este,  se necessário.

Normalmente, as situações reais que são analisadas, em verdade, decorrem de um passado contributivo que pode ser corrigido e melhorado, doravante, visando o alcance antecipado de renda previdenciária e em montante maior.

A análise inicia-se com diagnóstico específico, a partir de exame documental e fático, para posteriores sugestões de melhoria e correções no patrimônio previdenciário do segurado.

  • Todos podem ter acesso ao planejamento?

 

Sim, desde o jovem que está iniciando sua carreira profissional, aquele que já tem algum tempo vida profissional, bem assim aqueles que já estão aposentados, a partir de análises revisionais. Por óbvio, sendo as medidas de melhor e maior proteção previdenciária implementadas mais cedo, menos dolorosas financeiramente serão.

 

  • E para aqueles que querem empreender ou desenvolver novas atividades quando estiver acima dos 60 anos, o planejamento é importante?

 

Sim, pois essa ferramenta poderá possibilitar ter uma cobertura previdenciária mais satisfatória, bem assim sugerir medidas que possam reduzir a carga tributo-previdenciária nessa idade, possibilitando maior rentabilidade.

 

  • Existe relação entre o planejamento previdenciário e a economia prateada?

 

Sim, pois o planejamento, dentre outros objetivos, visa também possibilitar ao jovem idoso ter uma maior renda e consequente consumir mais, fomentando em maior escala a conhecida Silver Economy.

 

Fique atento e sempre busque ajuda especializada de um advogado, para que este possa analisar seu direito!

*Rodrigo Maciel é advogado e sócio do Parish & Zenandro Advogados, escritório especializado em Direito Previdenciário, Cível, do Consumidor e Trabalhista, com sedes nas cidades baianas de Salvador, Feira de Santana, São Gonçalo dos Campos, Conceição da Feira, Abrantes, Camaçari, Santaluz, Queimadas, Retirolândia e Livramento de Nossa Senhora, bem assim com atendimento on line em todo o país. Coordena o Núcleo de Consultoria, Planejamento Previdenciário e Cálculos do PZ Advogados. Membro da Comissão de Direito Tributário-OAB/BA. Especialista em Direito Previdenciário e professor em diversos cursos para Concursos e de Graduação. Além disso, é administrador de empresas e foi servidor do INSS por quase 15 anos, onde também atuou como gerente da Agência Especializada em Demandas Judiciais do INSS/APSDJ. Acesse https://pz.adv.br/ Confira nossas redes sociais @pzadv

NOSSOS ESCRITÓRIOS

  • Rua Frederico Simões, nº 153, Ed. Empresarial Orlando Gomes, 13º andar Caminho das Árvores | Salvador/BA • CEP 41820 774
  • Rua Barão do Rio Branco, n 882, Centro Médico Augusto Freitas, sala 601 – 6º andar. Centro, Feira de Santana CEP 44001-535
  • Rua Santa Bernadete, n 18, Ed. Empresarial Empório, sala 16. Centro (ao lado do Colégio Polivalente), Camaçari CEP 42800-035
  • Avenida Nilton Oliveira Santos, n 122, 1º andar – Centro (em cima da Caixa Econômica e em frente ao INSS), Santaluz CEP: 48.880-000
  • Av. Dr. Nelson Leal, n 170, 1ª andar. Centro (em frente ao INSS), Livramento de Nossa Senhora – CEP 46140-000
  • Prefeitura Avançada da Orla, Box 08, Estrado do Coco, Abrantes, Camaçari/BA
  • Rua Dr. Alfredo, n 88, Centro, Conceição da Feira. (Ao lado dos Correios e da loja de Nil Bazar). CEP: 44320-000.
  • Praça Barão do Rio Branco, n 67, Loja 5. (na Galeria da Caixa Econômica Federal), Queimadas CEP: 48.860-000
  • Praça JJ Seabra, n 11, 1º andar, Sala 03, Centro, (Em cima da Distak Móveis e em frente ao mercado Lider), São Gonçalo CEP 44330-000.
  • Rua Mané Garrincha, s/n, Centro. Referência: Próximo a Igreja Católica e ao lado do Cartório de Registro Civis. CEP:48750-000.